Trauma da face

Trauma da face2019-05-27T11:18:06-02:00

Os acidentes de motocicleta, de automóveis, em atividades esportivas, além de queimaduras e mordida de cães, constituem 20% dos casos atendidos no Hospital Sobrapar, referência nacional em cirurgia plástica reconstrutora. Os pacientes muitas vezes têm dificuldade em encontrar um serviço que ofereça o tratamento especializado para a resolução das sequelas do trauma e são encaminhados ao Sobrapar.

O trauma de face figura entre as lesões mais frequentes observadas na sala de emergência, apresentando fratura de ossos da face em aproximadamente 30% dos traumatismos de cabeça. Outros agentes etiológicos também devem ser considerados, como acidentes esportivos, agressões físicas, acidentes de trabalho; que podem estar associados ou não a existência de outras lesões como traumatismo cerebral, lesões graves de partes moles da face, lesões tóraco-abdominais e fraturas de outros ossos.

Dúvidas Frequentes – FAQ

Como é o tratamento de traumas da face?2019-05-27T11:20:10-02:00

Após confirmação do diagnóstico, são solicitados os exames específicos e, depois,  encaminhado para cirurgia.

Quais são os riscos do tratamento?2019-05-27T11:20:49-02:00

Possíveis sequelas como osso desalinhado, apresentar infecção, necessidade e retirada de placas e parafusos, dor no pós-operatório devido à presença de placas. Nesse caso, paciente sente incomodo com a mudança de clima.

Quais são as possíveis sequelas?2019-05-27T11:21:54-02:00

Quando o trauma é em criança, utilizamos placas absorvíveis, porém essas placas não são fornecidas pelo SUS, portanto, são utilizados fios de aço.