TRATAMENTOS

CONSULTAS

INSTALAÇÕES

ESPECIALIDADES

EDUCAÇÃO

PESQUISA



Notícias Sobrapar

Hospital da Sobrapar comemora 30 anos com aumento de grandes cirurgias e atendimentos


Colaboradores, apoiadores, equipe médica, pacientes e testemunhas da trajetória do hospital estiveram em evento que abriu comemorações pelos 30 anos.

Cerca de 50 grandes cirurgias de crânio realizadas e quase 600 novos casos atendidos marcaram o ano de 2008 no hospital da Sobrapar (Sociedade Brasileira de Pesquisa e Assistência para Reabilitação Craniofacial), em Campinas/SP. No total, o hospital realizou 1200 cirurgias – de fissuras labiopalatinas a grandes deformidades de crânio - e 16 mil atendimentos ambulatoriais. “Esses resultados mostram a conscientização da população, dos profissionais de saúde e dos hospitais que nos encaminham os pacientes”, explica a presidente do hospital, Vera Lucia Raposo do Amaral.


A Sobrapar é um hospital único no Brasil, formado por uma equipe interdisciplinar que busca não apenas corrigir os defeitos de crânio e face com cirurgias, mas também integrar o indivíduo na sociedade. Embora seja uma instituição predominantemente pediátrica, a Sobrapar atende adultos vítimas de doenças na face, traumas e acidentes com seqüelas no crânio e face. “Cada vez mais realizamos cirurgias de reconstrução de crânio e face em pacientes com traumas. Eles têm chegado ao hospital em maior número por conta de acidentes automobilísticos, traumas por armas de fogo e queimaduras”, diz o cirurgião plástico da Sobrapar, Cassio Eduardo Raposo do Amaral.


Considerado modelo de hospital de pequeno porte contratualizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), a Sobrapar tornou-se exemplo e gestão enxuta, organizada, econômica e saudável. Fechou o ano com balanço financeiro positivo. Profissionais de todas as áreas participaram do Programa Nacional de Melhoria da Gestão em Hospitais Filantrópicos, oferecido pela Petrobras e Gerdau a gestores de instituições de saúde. No programa, conhecido como Mais Gestão, o hospital obtém uma rápida redução de desperdícios, aumento na produtividade e qualidade na melhoria de processos, além da capacitação e motivação dos profissionais. “Tudo isso melhorou profundamente a visão do usuário em relação aos serviços que prestamos. Agilizamos, personalizamos e humanizamos o atendimento no hospital”, afirma Vera Raposo do Amaral.


Para 2009, quando comemorará 30 anos de fundação, o desafio da instituição é estimular parcerias com empresas e doações para garantir a continuidade dos serviços. “Para que as doações ocorram, as pessoas devem se interessar pelo problema. Quando se fala em anomalia facial, há ainda muito desconhecimento e a melhor maneira de criar vínculos com doadores é sempre através da informação clara sobre as doenças e as deformidades que tratamos”, esclarece a presidente do hospital. 


SOBRAPAR REALIZA CONGRESSO


Pela primeira vez, o Brasil será sede do 11º. Congresso Internacional de Fissura Labiopalatina e Anomalias Craniofaciais – CLEFT 2009 – que acontecerá em Fortaleza/CE, entre os dias 10 e 13 de setembro do próximo ano, realizado pela International Confederation for Cleft Lip and Palate and Related Craniofacial Anomalies e organizado no país pelo hospital da Sobrapar. O evento acontece a cada quatro anos e sua realização no Brasil se deve a uma conquista do cirurgião plástico Cassio Raposo do Amaral, fundador da Sobrapar que faleceu em 2005 e tornou-se o presidente de honra do CLEFT 2009.


Um dos pioneiros no tratamento multidisciplinar da fissura labiopalatina, Raposo do Amaral conseguiu trazer o Congresso para o Brasil após discussões sobre os futuros países-sede durante a edição do ano de 2001, na Suécia. “Este é o evento de maior destaque nessa área em todo o mundo, já que reúne os principais nomes da cirurgia plástica e craniofacial, de pesquisas com células-tronco, ortodontia e odontologia, atendimento psicossocial e dos tratamentos mais recentes. É importante para a Sobrapar e para o Brasil”, explica Vera Raposo do Amaral, presidente do CLEFT 2009 e também do hospital da Sobrapar.


O evento terá apoio do Smile Train, organização não governamental norte-americana que financia cirurgias de fissura labiopalatina e outras ações relacionadas à deformidade em todo o mundo. Estima-se que mais de 350 mil cirurgias tenham sido financiadas pelo Smile Train em seus nove anos de atividades. “Fissuras labiopalatinas são um grande problema de saúde nos países em desenvolvimento, onde milhões de crianças sofrem com o preconceito e a discriminação e, em função da deformidade, são impedidas de comer e falar corretamente. Uma em cada 650 crianças nascidas vivas apresenta fissura”, explica Carlos Magalhães, coordenador do Smile Train na América do Sul.


A Sobrapar foi o primeiro hospital parceiro do Smile Train no Brasil. “Nosso foco é a vida da criança. Os hospitais parceiros atendem a requisitos de segurança, qualidade do serviço médico e resultado das cirurgias”, diz. Hoje são 23 serviços de saúde em todo o país que recebem recursos do Smile Train para financiar as cirurgias de fissura. “Patrocinaremos o CLEFT 2009 porque parceiros da ONG de todo o mundo participarão dele. Será um ambiente de troca de informações onde os profissionais poderão conhecer os avanços nessa área”, diz Magalhães.


“É um evento da área médica que trará, ao Brasil, os expoentes no segmento de cirurgia e de tratamento”, explica Vera Raposo do Amaral. A expectativa é de que cerca de 500 médicos participem do evento.



Fonte:
Carol Silveria Assessoria de Comunicação
Ana Carolina Silveira / Giovana Ferreira
F.: 19 3709 1165
carol@carolvilveira.com.br
Hospital Sobrapar  •  2009 Av. Adolpho Lutz, 100 - Cidade Universitária - CP 6028 - 13083-880 - Campinas - SP - Brasil  •  Fone: +55 (19) 3749-9700
Estratégia1